Blog

  • Está chegando o aniversário do meu filho! E agora, o que eu faço?
    Postado 31/07/2015

    Não arranque os cabelos ainda. O Guia Festa vai te ajudar.

    Para que tudo saia impecável, vamos dar dicas praticas e infaliveis.

    Mães e organizadoras de festas de primeira viagem, confiram!!!!

    # Vamos começar definindo o local da festa:

    Quanto mais espaço disponível, melhor será o clima da festa e será diversão garantida

    Se a comemoração for ao ar livre, é sempre melhor prever chuva e deixar preparada cobertura ou local alternativo.

    Se forem dias de verão com muito sol, as coberturas são a melhor alternativa para amenizar o calor e evitar acidentes.

    # Escolha o tema:

    A criança precisa sentir que sua opinião é muito importante. Afinal, a festa irá homenageá-la.

    Qualquer item pode virar tema, desde a cor predileta, um desenho animado e até o filme ou brinquedo favoritos. Usar brinquedos que são da própria criança na mesa dos doces, ou em outros locais, deixa a festa com um significado enorme.

    # Lista de convidados:

    Criança pequena não vai desacompanhada, então o melhor a fazer é calcular pelo menos mais uma pessoa para cada convidado com menos de 7 anos. Ao convidar, você pode perguntar quem irá acompanhar a criança, a mãe, o pai, a babá, etc.

    # Posso convidar casal ou pessoa sem filhos?

    Festa de criança não costuma ser um programa de adultos, por isso o ideal é só convidar quem não tem filho se existir grande intimidade entre os pais e o convidado. Costuma ser o caso da madrinha e do padrinho do aniversariante ou de amigos mais próximos da família.

    # Convites:

    Escolha um modelo de convite bonito e que levem os detalhes do evento, além de uma sutil referência ao tema.

    O convite deve ser bem elaborado para que o convidado pense: "Esta festa eu não posso perder".

    # Animação:

    Em uma festa o que não pode faltar são brincadeiras criativas. Antes de organizar o roteiro de atividades, leve em conta a idade do aniversariante e dos convidados. Se preferir, contrate monitores para ficarem de olho na molecada.

    As crianças só devem parar de brincar em dois momentos da festa: na "hora do lanche" e no "parabéns".

    Peça para o seu filho ajudar a selecionar as músicas que mais gosta. Só não exagere no volume do som.

    E anote as brincadeiras que não podem faltar: pular corda, pular elástico, pega-bandeira, pega-pega e amarelinha.

     

    # Cardápio:

    O uso de copos, talheres, pratos e garrafas descartáveis é o mais recomendado, inclusive para evitar pequenos acidentes com as crianças.

    O cardápio deve ser definido de acordo com o horário da festa e a quantidade de convidados. Como referência, lembre-se de que crianças e idosos consomem menos que adultos e jovens e considere que duas crianças equivalem a um adulto.

    Se a festa ocorrer à tarde, ofereça lanches e mini-food variados e aposte em comidinhas mais praticas.

    As festas são perfeitas para bolos e docinhos mais antigos, gelatininhas coloridas, brigadeiro, bicho-de-pé, cajuzinho e beijinho.

    Se quiser dar um ar moderno à festa aposte em deliciosos cupcakes ou docinhos gourmet.

    # Lembrancinhas:

    A lembrancinha oferecida aos convidados precisa estar à altura da festa. Fique atenta para a harmonia e sintonia com o tema escolhido, o acabamento, a segurança e o tipo de material utilizado.

    Lembrancinhas personalizadas são as mais utilizadas, como saquinhos com doces, potinhos com brinquedos, bisnaguinhas de brigadeiro etc.

    E para não se perder tenha em mãos um check list. Ele vai te ajudar a lembrar tudo o que falta a ser feito.

    Depois de tudo pronto é só curtir com o seu filho a festa.